Autor Tópico: Review do Conjunto 6973 - Deep Freeze Defender  (Lida 2351 vezes)

11 de Janeiro de 2015 - 14:58:48 pm
Lida 2351 vezes

Gus

  • *
  • Information
  • Duplo
  • Membro LUG Brasil
  • Mensagens: 454
  • Do what thou wilt shall be the whole of the Law
    • brickset-Gus-263
    • Apkallu HQ
Resenha do conjunto 6973 – Deep Freeze Defender
Cruzador do Espaço


Referência: 6973
Nome: Deep Freeze Defender ("Cruzador do Espaço – Planeta Gelo")
Tema: Ice Planet 2002
Ano de Edição: 1993 – 1994 (BR)
Número de Peças: 417
Preço LEGO®: 45 dólares
Instruções: sim
Minifigs: 3
Inventário no Bricklink


As peças



O set possui uma quantia considerável de peças, e uma boa variedade também. As cores características da linha Ice Planet 2002 se fazem bem presentes: branco, azul e laranja translucente.
Os bricks vem praticamente em pares, pois a construção da nave é bastante simétrica. Os maiores em comprimento no set são dois azuis 1x16. A plate mais larga é 6x 10.
As peças pretas estão bem escondidas na construção, por terem um papel mais estrutural e funcional (ex: 6087, 3700) no set. As mais aparentes são mero design aditivo (3960 e 73590c01a, nem tão aparente assim na construção final). As peças brancas mais aparentes são as asas 3585 e 3586 e a frente dos módulos 6104.



As peças em laranja na maioria são vidros da nave, peças bem específicas mas nem por isso menos utilizáveis em outro contexto. A geometria das 2466 (são incluídas 7 dessas no conjunto) combina muito bem com as 2468. Além disso essa cor é presente em utensílios para minifigs (as serras 6117 e os 'skis' 6120) e obviamente em qualquer coisa que indique luz.



Outras peças que caracterizam a temática espacial são os controles da nave e os slope bricks com emblemas impressos, pois o set vem de um momento onde era mais comum o emprego de peças impressas e praticamente não se usava adesivos. Essa 'tradição' foi se perdendo a medida que começaram a se usar peças mais lisas e superfícies que possibilitassem mais uso de adesivos.  A questão que fica é se as peças lisas ou os adesivos foram pensados primeiro. Pois esse é um tipo de set que exige um detalhamento simples e eficiente que adesivos não dariam conta.



Outras peças muito interessantes:
4229 em uma grande quantidade (12), preenchem a base da nave.
2713 "Esquis" em tamanho maior, para os módulos frontais.
4218 as portas de garagem, e as bricks 4217 com o espaço para ela "correr". Em cores alternadas, numa quantidade razoável. No conjunto final, ficam bem ressaltadas, num esquema bem chamativo.

As minifiguras

 

O conjunto vem com três minifigs: Dois pilotos (um homem e uma mulher) e um comandante. São identificados pelos trajes diferentes. Se fosse lançado em outro tempo, é bem possível que o set incluísse mais minifigs pelo foco que se dá em figuras ultimamente, mas a questão é que apesar de ser uma quantia generosa (parece até 'pouco') de minifigs, está de bom tamanho para as funções que o conjunto oferece. Mais minifigs que isso deixaria pilotos sobrando, e esse conjunto definitivamente não é um 'army-builder'. Os minifigs são bem detalhados e ainda parecem bem caracterizados, não são criações genéricas. Como parte integral da jogabilidade do set, cada um tem uma expressão diferente (apenas a variação da tradicional face sorrindo), e isso possibilita dar bastante variedade nas histórias a serem criadas.



A Construção

   

O conjunto pode ser dividido em 5 módulos: Dois "pods" ou naves menores frontais, duas bases de nave e um "sled" descoberto. Inclui também um foguete e um pequeno satélite, bastante usado noutros sets do tema (ex: 6898, 6983)
A construção começa pelo sled, assumindo que o comandante o pilota. É uma construção básica, cobrir uma plate triangular 2625 com bricks, colocar pequenos detalhes (como usar 45902c02 de "guidão", o imã 73092 lateral e identificar com uma tile 3068bp61). Na traseira nota-se uma abertura com um espaço de um stud, sem encaixe de stud aparente.
O satélite é feito praticamente por um eixo tamanho 12 3708 e bricks redondas 2x2 nas cores laranja transluscente e branco. No meio, a outra metade do imã, que permite o trenó 'capturar' o satélite. As bricks redondas mantém a estrutura do satélite bem fixa.

     

Os módulos frontais são bem simétricos, possuem uma construção rápida (principalmente fundamentar o entorno dos encaixes das peças do visor 2507 e da base 6058). Como dito antes, plates angulares brancas fazem o trabalho de refinar o design das naves.




A primeira nave tem uma construção fácil e simétrica, o design é bem simples e a aparência do conjunto final é bem bonita. As 'asas' (plates 3585 e 3586) fazem um contraste bem legal, essa forma de nave (com duas asas laterais voltadas para a frente e duas asas atrás com o comprimento em máxima extensão) se tornou bem recorrente após o conjunto, sendo revivido de tempos em tempos com peças mais novas (ex: no 7644 de 2008 e 6973 de 2009). As peças 3960 ressaltam acima da nave, assim como as 2340.
A forma de encaixe de um módulo no outro se dá por meio de technic bricks (3700, na frente desse módulo, é usado um tamanho 16 3703). Nesse módulo vão as duas naves menores (ou uma, centralizada).




A segunda parte, a nave traseira, é um pouco mais complexa. A construção não é muito diferente, só é necessário prestar atenção no manual de instruções (que nesse momento demonstra pouco claramente as várias plates que vão sendo colocadas passo após passo :P).
O que mais chama atenção na fase inicial de montagem é os espaços vazios na lateral e uma espécie de "alavanca" no meio do plate. É aí que vai a porta de garagem. Pode-se dizer que esse transporte é a garagem do veículo do comandante. Ela não é 100% fechada, mas os espaços mínimos de 1 stud entre cada vidro permite uma visualização bem ambientada do espaço interno. O laranja translucente em grande quantidade replica o interior de uma nave sci-fi de maneira muito convincente.




As peças de turbinas 4229 em preto (as duas únicas do set) indicam a abertura da garagem, flexíveis pelas peças 4275 + 4276. Quando a última seção da porta bate no pequeno sistema de alavanca, ela força o veículo (encaixado por um espaço deixado na traseira do mesmo, onde entra uma extremidade da alavanca medindo 2 studs) para cima, para ser retirado manualmente. É um sistema praticamente automático. Simples mas eficiente, e o melhor que é construído sem muitas peças especiais (no mais, a 6087 pode ser a única devidamente especial, mas não passa de um brick com plates adjacentes).
O encaixe dessa parte da nave com as demais ainda usa as articulações 4275 + 4276 para manter fixo e no mesmo nível, alinhando os studs de uma seção de nave com a outra.

« Última modificação: 11 de Janeiro de 2015 - 15:10:17 pm por Gus »

11 de Janeiro de 2015 - 15:06:51 pm
Resposta #1

Gus

  • *
  • Information
  • Duplo
  • Membro LUG Brasil
  • Mensagens: 454
  • Do what thou wilt shall be the whole of the Law
    • brickset-Gus-263
    • Apkallu HQ
Jogabilidade




O conjunto possibilita uma ótima experiência de jogabilidade. Há muitas possibilidades de combinação entre as seções de nave. Cada parte é elegante sozinha e se completam perfeitamente. Os mínimos detalhes são bem colocados e não atrapalham o manuseio do conjunto. Talvez a única coisa que pode desmontar no meio do caminho são as turbinas inferiores. Isso porque nesta nave praticamente não há trem de pouso ou preocupação com o acabamento no que está para baixo do suporte de cada seção (exceto pelas duas seções frontais, onde a faz todo suporte e estrutura e as 2654 impedem contato direto da superfície com essa peça).

Conclusão

O problema de avaliar conjuntos de mais de 20 anos atrás é que havia toda uma tradição diferente nos produtos da Lego, que ia desde o material visual, as imagens que eram selecionadas, a maneira de se construir, as peças a serem usadas, e a construção realizada. Além é claro de prover uma excelência em alguns quesitos que não são muito levados em conta em outros momentos. Por isso, inserido no contexto dessa tradição que até a data (1993) já tinha um tempo (e que até aí talvez tenha sido um pouco maçante), esse conjunto não necessarimente seria um trend-settler, mas com certeza é uma das naves mais bonitas já lançadas. O sistema de módulos proporciona uma jogabilidade fantástica e a solução para transportar o satélite é muito eficiente. Pessoalmente sempre preferi as naves dos temas de espaço do que as bases. Nesse caso, é de uma maneira um pouco parcial que esse set leva um 10. Comparado com as naves desse porte e desse preço da atualidade (e de design próprio da Lego), ainda está muito a frente em muitos quesitos (exceto talvez pela ausência de trem de pouso). Com certeza um set a ser lembrado, e caso haja oportunidade de obtê-lo, é muito recomendado!





Outros



Existem modelos alternativos apresentados para este conjunto. No entanto, não são disponibilizados manuais de instrução para eles, como era de costume. Eles apareciam na caixa e em catálogos, com a função de ressaltar várias possibilidades de criação.



Esse conjunto é o mais antigo da minha coleção, junto com o Dragon Defender – Catapulta dos Cavaleiros do Dragão 6043, eu adquiri este há uns 4 anos atrás por segunda mão, em ótimo estado de conservação. Ambos são de temas que gosto bastante, de um tempo que mal pude experimentar como fã/consumidor por ser muito novo (basicamente, esse tempo estava passando no Brasil quando eu nasci). Acredito que esse conjunto ressalta um tipo diferente de ideia por trás da criação dos conjuntos Lego que há muito vem sendo destituído da marca. Que existem peças específicas no conjunto e ele não é sem erros é óbvio, mas não é necessária muita análise para perceber que o foco dos conjuntos não estava em funções manuais de disparo, adesivos, peças exclusivas ou na estória da linha. E nem por isso há um ponto fraco nos quesitos jogabilidade, design, exclusividade e possibilidade de criar histórias, apenas deixa-se que o consumidor faça essa parte por conta própria.


Vejam a:
Pasta completa com fotos no Brickshelf

Espero que tenham gostado desta análise
Caso houverem dúvidas, críticas ou sugestões, opiniões a respeito do conjunto ou comentários a respeito do review, por favor comentem ;)


11 de Janeiro de 2015 - 23:48:35 pm
Resposta #2

lcpulv

  • *
  • Information
  • Technic
  • Membro LUG Brasil
  • Mensagens: 4.061
    • facebook-luispulvino
    • flickr-lcpulv
    • brickshelf-lcpulv
    • brickset-lcpulv
    • twitter-luispulvino
Fantástico review!

Sempre quis essa nave! Agora quero mais!

Parabéns!

Abraço,

Luís!

12 de Janeiro de 2015 - 08:41:59 am
Resposta #3

Digão_Beard

  • *
  • Information
  • Legoland
  • Membro LUG Brasil
  • Mensagens: 582
Realmente Excelente Review! muito boa a riqueza de detalhes!!!!!

até eu que não sou tão fã assim desse tema fiquei com vontade kkkk

Parabéns!
Technicista AFOL