Entrevista com Megan H. Rothrock

Megan_Perfil

Megan, conhecida como Megs e Megzter, tem sido uma membro ativa  da comunidade AFOL desde 2002.

 

 

 

 

LUG Brasil: Fale um pouco sobre você e como você começou com LEGO.

Megan: “Eu cresci em Redwoods, no norte da Califórnia, construí e brinquei com LEGO desde muito pequena, três ou quatro anos de idade. Meu irmão mais velho, Tom, sempre estava “me dando” seu bricks de LEGO quebrados e pisados para eu me divertir. Meu primeiro set que ganhei foi quando moramos na Inglaterra por um ano: o Castelo Amarelo: código 375. A partir do momento que eu abri aquela caixa enorme e vi todos aqueles adoráveis bricks de LEGO brilhantes eu fiquei apaixonada! Você tinha até que montar os cavalos, que foi a primeira coisa que fiz! Não tenho totalmente certeza se eu tive uma verdadeira “Dark Age” por que a medida que fui ficando mais velha LEGO se tornou mais importante na minha coleção de brinquedos. Eu desenhava, construía e esculpia animais e personagens e os incorporava nos meus MOCs.  Quando fiz 18 anos saí de casa para ir para a Universidade, mas mesmo nessa época eu continuava a comprar um ou outro set de LEGO, especialmente se eles tivessem animais!”

Megan se mudou para a Holanda em 1999 e em 2002 participou da exposição The LEGO World, quando ela comprou o set LEGO Designer Creature. As peças eram perfeitas para construir todo tipo de animais legais. Ela descobriu que LEGO não era mais somente “quadrados e retângulos”, agora você podia construir qualquer coisa! Então ela estava fisgada!

Megan: “Sou formada em Animação e Design e quando voltei a construir comecei a montar animais e criaturas cibernéticas (poderia ser pelo fato de que seu companheiro, Mark Stafford, nabii, estava sempre construindo gigantescas naves espaciais). Nós construíamos no mesmo cômodo e a ideias iam e vinham de um para o outro, então nós colaborávamos muito no começo.”

Após entrar na LUGNET, Classic Space, Classic Castle e começar a mostrar seus MOCs no Brickshelf, Megan ganhou vários “créditos” na comunidade AFOL.

Megan: “Por um bom tempo ninguém tinha percebido que eu era uma mulher – estava usando somente “megs” naquele momento (um apelido que minha família tinha me dado desde que eu era criança), permanecendo anônima e com aquilo que estava construindo eles acharam que eu era um cara. Eu fiquei bastante surpresa com isso. Também pelo fato de que naquele tempo não havia por aí muitas mulheres montando. Quando eu falei que eu era uma construtora mulher todos ficaram bastante surpresos mas acharam que era legal e me receberam muito bem no “clube”!
Eu gosto de construir modelos orgânicos: criaturas e coisas fora da caixa. Penso que umas das minhas coisas mais conhecidas são os meus “TRAGÔES” Trens-Dragões, que ‘serpenteiam’ pelos trilhos de LEGO e pelas minhas Transport-o-Boxes que se abrem e transformam em sets de LEGO.”

 

LUG Brasil: Como você chegou a Billund?

Megan: “A ida para Billund foi uma surpresa! Mark e eu visitávamos a LEGO World todos os anos na Holanda; onde nós encontrávamos ótimas pessoas que trabalhavam no The LEGO Group. A partir de 2003 nós começamos a visitar Billund  todos os anos com o The Bouwsten (o LUG holandês). Um dia eu descobri uma oferta de vaga para Designers na LEGO na internet, nós dois nos inscrevemos e fomos ao workshop de recrutamento. Nós nunca imaginamos que iríamos viver na Dinamarca e criar para a LEGO após alguns anos de nossa primeira visita a Billund!”

 

LUG Brasil: O que você sabe do Brasil e dos brasileiros. Você já viajou para o Brasil?

Megan: “Eu tive a oportunidade de conhecer alguns ótimos membros do LUG Brasil quando eles vieram para a Europa para alguns eventos de LEGO. Conheci primeiro o Wagner em Skaerbaek (LEGO Fan Weekend) 2008. Foi ótimo conhecer o Wagner e todos que viajaram com ele (Marcus, Ildefonso e Rodrigo) e na longa jornada desde o Brasil. Nós tivemos conversas agradáveis sobre LEGO e também sobre a dificuldade de se encontrar LEGO por lá. Depois ao longo dos anos mais e mais membros do LUG Brasil chegariam para visitar Skaerbaek. Eu consegui uma visita para mostrar a LEGO Idea House e a cidade e depois nós fomos para a LEGOLAND para nos divertir no parque. Estive muitas vezes com brasileiros e adoraria poder visitar o Brasil algum dia! (obrigado pela camiseta!)”

Wagner: De nada. Muitos brasileiros agradecem a sua hospitalidade em Billund, eu sou um deles.

 

LUG Brasil: Quais são os seus projetos atuais?

Megan: “Meu projeto atual é o meu novo livro “LEGO Book: The LEGO Adventure Book: Cars, Castles, Dinosaurs and more!”; Ainda sem tradução para o português, tradução literal do título Livro LEGO : O Livro de Aventura LEGO : Carros, Castelos, Dinossauros e mais!; publicado pela No Starch Press, mostra ao leitor diferentes técnicas de construção e construção de aventuras! Eu tive muita sorte por poder reunir no meu livro alguns dos maiores construtores de LEGO de todas as partes do mundo! Desde que o livro foi lançado em novembro passado também estive bastante ocupada coordenando com os construtores que aparecem no livro e aparecendo em lançamentos com autógrafos do livro!”

Megan_Livro

LUG Brasil: Como foi a ideia para fazer o livro?

Megan: “A partir do momento que fui procurada pelo meu editor para criar um novo livro LEGO, eu sabia exatamente o que eu queria fazer!

Para mim e muitos de nós na comunidade o clássico 6000: LEGO® Idea Book nos lançou dentro da construção de LEGO sem limites! Cada página inspirou e mostrou tanto potencial pelo que poderia ser construído naquele momento com os bricks de LEGO. Muitos de nós queríamos uma sequencia para ele; então acredito que essa era a oportunidade perfeita para uma sequencia!

No livro original há uma estória de duas minifiguras de LEGO fazendo uma jornada. Pensei que incluir uma narrativa seria uma ótima maneira de levar o leitor ao longo do livro. Queria ter uma personagem feminina forte e no final acabei usando a mim mesma. Uma informação realmente interessante é que enquanto eu era uma Designer de Produto na LEGO, Gitte Thorsen estava procurando por um novo estilo de cabelo feminino e pediu se eu me importaria se ela usasse como modelo o meu cabelo! Então depois disso eu fiz a minha  assinatura-minifigura “megs”.

Megan_Megs

Uma das minha atividades favoritas é participar de eventos LEGO, a Comunidade Fã de LEGO é tão inspiradora e eu sempre fico emocionada de ver o que cada um está construindo! Na minha função como Editora europeia da revista Brick Journal tive a oportunidade de conhecer muitos AFOLS ao redor do mundo. Há infinitas formas de construir com bricks de LEGO e eu queria compartilhar alguns dos modelos de LEGO deles no meu livro para ajudar a inspirar outros leitores.

Também vivendo na “Cidade Brick”, como eu gosto de chamar Billund, tive a oportunidade de conhecer alguns dos mais incríveis Designers da LEGO aposentados. Um deles é Daniel August Krentz e desenhou meu primeiro set de LEGO: o 375 Castelo Amarelo. Ainda hoje ele continua construindo alguns modelos incríveis. Quando perguntei se ele queria participar no meu livro LEGO, eu fiquei surpresa por descobrir que ele foi um dos Designers do 6000: LEGO® Idea Book! Ele ficou muito feliz ao participar como um construtor de destaque no meu livro.

Então o círculo se fecha. Nunca teria imaginado que o Designer do meu set de LEGO favorito quando era criança estaria no livro de LEGO que eu tinha criado. Além disso, ele também era o Designer do livro de ideias LEGO que tanto me inspirou como construtora de LEGO quando era mais jovem! Parece ser mesmo a obra do destino.”

 

LUG Brasil: Quanto tempo entre a ideia inicial e a publicação? Houve algumas descobertas interessantes ao longo do caminho?

Megan: “A oportunidade apareceu em outubro de 2011, mas as coisas somente começaram a acontecer em fevereiro de 2012. Durante esse período estive pesquisando e me aproximando de pessoas para estar no livro e trabalhar o conceito. Alguns eu sabia de cara quem eram e outros eu não sabia quase nada, ou sabia somente o nome deles no Flickr. Quanto mais informações eu juntava, eu descobria que todos que havia escolhido tinham ótimas profissões, somente para citar alguns, como um gerente de partes de avião, um jornalista esportivo de TV e um Diretor Criativo de um agência de publicidade!

Uma vez que eu tinha a fotografia dos seus modelos, depois eu tive que fazer o layout inteiro do livro e comunicar visualmente como construir os modelos para nossos leitores. Enquanto estava fazendo isso também estava desenhando os modelos para a narrativa. Mark e eu tivemos alguns “comitês de modelos” para garantir que todos eram estáveis e podiam ser construídos. Estou orgulhosa de todos os capítulos dos Construtores de Destaque assim como os meus layouts.”

 

LUG Brasil: Para quem é o livro?

Megan: “The LEGO Adventure Book “O Livro Aventura LEGO“ é para qualquer um que tem amor por construir com bricks de LEGO! Quando eu me comprometi a criá-lo o meu objetivo era que não importava se você é um AFOL, um TFOL, KFOL, ou não pegou num set de LEGO desde a sua infância. Deve ter algo dentro do livro para todos mundo.”

 

LUG Brasil: Você tem outros projetos que gostaria de nos contar?

Megan: “Você nunca sabe quais “LEGO Adventures” podem estar logo ali na esquina!”

 

Não percam: Em breve algumas palavras dos construtores em destaque no “The LEGO Adventure Book”.

 

Entrevista para Wagner Cavalli
Tradução de Luis Gustavo Rizzo
Revisão de Luis Pulvino

Comentários

  1. Uma pessoa maravilhosa

    Muito bom conversar com ela

    Inclusive foi a Megan que nos levou para Idea House e visita na fábrica